Arquivo de Julho 2011

NATO prepara ataque terrestre à Líbia?

Sara Flounders (Workers World / adaptação MV)

libya-nato-tripoli-bombing_pb.jpgSem apresentarem qualquer prova, os conspiradores da NATO e do Tribunal Penal Internacional acusaram, em 8 de Junho, o governo líbio de violação, não apenas como “dano colateral” de guerra, mas como arma política. A ainda mais infundada acusação de que a Líbia planeia distribuir massivamente Viagra às suas tropas confirma que se trata da mais gasta propaganda de guerra.
Os países da NATO, com a plena cumplicidade da comunicação social e do TPI, espalharam esta mentira para ganharem apoios e calarem a oposição a um assalto terrestre à Líbia. Ler o resto do artigo »



As festas de caridade e a “compaixão” dos ricos

Pedro Goulart

pratovazio.jpgNos últimos anos tem vindo a aumentar a olhos vistos na sociedade portuguesa o enorme fosso que separa os ricos dos pobres. As condições económicas e políticas têm sido propícias a um maior grau de exploração das classes trabalhadoras e a um crescente acumular de capital nas mãos de um reduzido número de poderosos. Nesta linha, e a pretexto da dívida, o governo PSD/CDS vem agora taxar de forma pesada e dita extraordinária os rendimentos do trabalho, isentando a generalidade dos rendimentos do capital. Ler o resto do artigo »



Ponte aérea

Sete mil milhões de dólares desapareceram sem rasto entre os EUA e o Iraque. O dinheiro, em notas, transportado em aviões militares, pertencia ao fundo iraquiano resultante da venda de petróleo por alimentos no tempo de Saddam Hussein e fora apreendido pelos EUA nas vésperas da invasão do Iraque. Após três investigações, os norte-americanos admitiram pela primeira vez que o dinheiro pode ter sido roubado, sugerindo que terá ido parar às mãos dos seus aliados no poder em Bagdad. Acontece porém que esses mesmos aliados dizem tratar-se não de 7 mas de 18 mil milhões. O que deixa a suspeita de 11 mil milhões se terem sumido antes de chegarem ao Iraque. Quando não há moralidade, comem todos.



Notícias da Frota da Liberdade V

Terrorismo de Estado

Manuel Garcia Morales / MV

rumoagaza3.jpgProsseguimos a publicação dos relatos enviados por Manuel Garcia Morales, sindicalista e activista político, que integra segunda Frota da Liberdade com destino a Gaza, fundeada em Atenas. Depois de ter noticiado os dois dias de greve geral na Grécia e os impedimentos levantados à partida da Frota, Manuel Garcia dá conta de mais uma saboagem e da colaboração das autoridades gregas com o governo de Israel. É o que nos diz nas mensagens de 1 de Julho. Ler o resto do artigo »



Notícias da Frota da Liberdade IV

Rescaldo da greve geral na Grécia

Manuel Garcia Morales / MV

grevegeralgrecia.jpgUm grupo de 50 pessoas de todo o estado espanhol partiu no dia 22 de Junho de Madrid para Atenas onde se integrará na segunda Frota da Liberdade com destino a Gaza. Do grupo faz parte um amigo do Mudar de Vida, Manuel Garcia Morales, sindicalista e activista político, que se propõe enviar regularmente crónicas da viagem. Estamos a publicar os seus relatos à medida que nos chegam.
Nesta mensagem, de 29 e 30 de Junho, relatos do segundo dia de greve geral na Grécia e mais notícias da Frota. Ler o resto do artigo »



Kabul Bank

Uma gigantesca fraude bancária ocorreu no Afeganistão. Sob a forma de empréstimos sem documentação, 850 milhões de dólares, de um total de mil milhões, do Kabul Bank, foram doados a accionistas que compraram 35 mansões no Dubai, acções em companhias de petróleo e centros comerciais. Beneficiários: os dirigentes do país, apoiados pelos EUA. A campanha eleitoral do presidente Karzai, um seu irmão e outras figuras gradas do poder foram os destinatários do dinheiro. Um dos responsáveis, Kalilulah Ferosi, aguarda calmamente o resultado das investigações num luxuoso hotel de Cabul. Outro, o governador do banco Abdul Fitrat, fugiu do país para lugar seguro: os EUA, onde obteve autorização de residência permanente.



Refugiados

A agência da ONU para os refugiados revelou que havia em 2010 quase 44 milhões de deslocados em todo o mundo, cerca de 16 milhões dos quais fora dos seus países. Significativo ainda é o facto de serem os países pobres a suportar o maior fardo no acolhimento desses deslocados. O maior número é de afegãos, iraquianos, somalis e congoleses. Mais de metade são crianças com menos de 18 anos.



A lebre

O governo PS foi a lebre que fez o trabalho sujo neoliberal da direita. Entre a fotocópia (PS) e o original (PSD) a maioria dos eleitores votou no original. Mas a globalização selvagem capitalista responsável pela actual crise está a esquecer a revolta social globalizada. FB



A Primavera dos povos do Sul e o Outono do capitalismo

Há um outro despertar necessário: o dos trabalhadores dos centros imperialistas

Samir Amin / MV

mulheresegipcias.jpgMao tinha razão quando afirmou que o capitalismo (aquele que realmente existe, isto é, o imperialismo) nada tinha a oferecer aos três continentes (a periferia constituída pela Ásia, a África e a América Latina – essa « minoria » que reúne 85% da população do Planeta!) e que portanto o Sul constituía a “zona das tempestades”, quer dizer das revoltas repetidas, potencialmente (mas só potencialmente) portadoras de avanços revolucionários em direcção à ultrapassagem socialista do capitalismo. Ler o resto do artigo »



Despejos

O despejo sumário, na Amadora, de um casal de cidadãos pobres e vulneráveis, transmitido em directo pela TVI, prova o que a troika externa e interna ambiciona para o que resta da nossa soberania: rasgar a Constituição e acabar com o direito à habitação. Nem de propósito, o famigerado economista Camilo Lourenço defendeu no programa Sociedade Civil, na RTP2, que a liberalização dos despejos imposta pela troika é fundamental para facilitar a mobilidade dos trabalhadores (!). Porque é que também não o despejam sumariamente da comunicação social? O disparate e a provocação têm limites. FB



Notícias da Frota da Liberdade III

O primeiro dia de greve geral na Grécia

Manuel Garcia Morales / MV

rumoagaza2.jpgUm grupo de 50 pessoas de todo o estado espanhol partiu no dia 22 de Junho de Madrid para Atenas onde se integrará na segunda Frota da Liberdade com destino a Gaza. Do grupo faz parte um amigo do Mudar de Vida, Manuel Garcia Morales, sindicalista e activista político, que se propõe enviar regularmente crónicas da viagem. Estamos a publicar os seus relatos à medida que nos chegam.
Nesta mensagem, de 28 de Junho, ainda em Atenas, é dada conta do primeiro dia de greve geral na Grécia e de uma sabotagem no barco grego. Ler o resto do artigo »



Editorial

Algo novo na forja

O movimento dos “indignados” em Espanha mobilizou, desde Maio, milhares de pessoas, não apenas jovens. O poder tem-no tratado com cautela. Por um lado, porque hostilizá-lo pode dar-lhe ainda mais adeptos; por outro, porque gostaria de fazer dele um concorrente do movimento laboral.
O mesmo por cá, como se viu com o apoio dado ao protesto da geração à rasca, uma semana antes da manifestação sindical de 19 de Março.
Percebe-se: verdadeiramente explosiva seria a junção do movimento laboral com a indignação das camadas jovens. Mas é esse o caminho para que a luta social tenha sucesso. Ler o resto do artigo »



Notícias da Frota da Liberdade II

Irlanda adverte Israel

Manuel Garcia Morales / MV

rumoagaza1.jpgUm grupo de 50 pessoas de todo o estado espanhol partiu no dia 22 de Junho de Madrid para Atenas onde se integrará na segunda Frota da Liberdade com destino a Gaza. Do grupo faz parte um amigo do Mudar de Vida, Manuel Garcia Morales, sindicalista e activista político, que se propõe enviar regularmente crónicas da viagem. Publicaremos os seus relatos à medida que nos forem chegando. Eis os testemunhos de 26 e 27 de Junho. Ler o resto do artigo »



Nem viragem nem mudança

Porque que é que a esquerda não capitalizou o descontentamento?

Urbano de Campos

arasca.jpgAs últimas eleições proporcionaram ao Capital condições para dar mais um passo no ataque ao Trabalho. A maioria de direita, que contará com o apoio do PS, dá ao patronato uma base política mais estável do que tinha com o segundo governo de Sócrates. Preparada por seis anos de governação do PS, a vitória eleitoral da direita e os seus planos mais ousados não são de estranhar, portanto. Mas, para os trabalhadores, a questão fundamental a precisar de resposta é outra. Ler o resto do artigo »



Solidariedade com a Palestina

No dia 5 de Julho, às 21h30, na Casa do Alentejo, realiza-se um debate de solidariedade com a Palestina. Esta iniciativa insere-se na campanha contra o muro com que as autoridade israelitas cercaram a Cisjordânia e pretende criar forças para organizar, a partir de Portugal, a participação numa caravana contra o muro e o bloqueio a Gaza. Trata-se de um debate organizado pelo Grupo de Trabalho das Revoluções Árabes, constituído nas Assembleias Populares do Rossio, e nele participam: Shaad Wadi (Comité Palestina), Sérgio Vitorino (M12M), António Serzedelo (Opus Gay) e Renato Teixeira (Rubra).



Notícias da Frota da Liberdade I

Rumo a Gaza, via Atenas

Manuel Garcia Morales / MV

rumoagaza.jpgUm grupo de 50 pessoas de todo o estado espanhol partiu no dia 22 de Junho de Madrid para Atenas onde se integrará na segunda Frota da Liberdade com destino a Gaza. Do grupo faz parte um amigo do Mudar de Vida, Manuel Garcia Morales, sindicalista e activista político, que se propõe enviar regularmente crónicas da viagem. Publicaremos os seus relatos à medida que nos forem chegando. Aqui vão os primeiros testemunhos de 19 e 24 de Junho. Ler o resto do artigo »