Arquivo de Março 2010

Greve dos trabalhadores do Município de Lisboa

Nos dias 5, 6 e 7 de Abril, os trabalhadores de diferentes sectores do Município, incluindo os serviços de Higiene e Limpeza Urbana, estão em luta pela actualização do suplemento de risco.
Esta greve, convocada pelo STML e pelo STAL, visa a actualização do valor do suplemento de insalubridade, penosidade e risco a que estão expostos os trabalhadores, mas que há oito anos não é actualizado pela CML. Para além desta actualização, é também objectivo da greve a resposta por parte do executivo camarário às várias reivindicações dos trabalhadores do sector que, apesar de aceites pelo executivo, continuam à espera de resolução concreta.



Um PSD maquilhado

Pedro Goulart

deputados_faltosos_psd_web.jpgFeitas as eleições no PSD e regressada à base a velha senhora, surge Passos Coelho à frente do partido, com uma enorme vontade de disputar o lugar até aqui ocupado pelo desacreditado José Sócrates. Ambos concorrentes no “bem trajar”, ambos sedentos de poder, ambos procurando bem servir os mesmos interesses – os da burguesia – resta ver em que cavalo vai esta agora apostar. Por que, quanto ao essencial, PS e PSD, assim como os seus dirigentes, estão de acordo. E quanto ao PEC, quando um disser mata, o outro certamente dirá esfola. Ler o resto do artigo »



Mais de 4 milhões de desempregados em Espanha

Manuel Raposo

desempregoespanha_web.jpgO desemprego em Espanha ultrapassou em Janeiro os quatro milhões de trabalhadores. Se porém forem tidos em conta os números do Inquérito à População Activa (EPA) o desemprego terá atingido uma cifra superior a 4.300.000 pessoas no final do ano passado. De Dezembro para Janeiro foram registados mais 124.890 desempregados o que significa mais de 4 mil pessoas despedidas por dia. Ler o resto do artigo »



Enfermeiros de novo em greve

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses já anteriormente entregara um pré-aviso de greve para os dias 29, 30, e 31 de Março e para dia 1 de Abril, caso nas negociações em curso o Ministério da Saúde não avançasse com respostas positivas às suas reivindicações. Como tal não aconteceu, os trabalhadores vão mesmo para a greve. Esta luta conta também com o apoio dos outros três sindicatos dos enfermeiros e realiza-se em protesto contra a actual grelha salarial e a precariedade laboral de grande parte dos trabalhadores do sector. Lembramos que no início do ano já houve uma greve dos enfermeiros, que contou com a adesão de 90% dos trabalhadores do sector.



Luta nos Transportes

Ontem, dia 23 de Março, os ferroviários estiveram em greve, envolvendo os trabalhadores da CP, da REFER e da EMEF. Houve grande participação dos trabalhadores e forte perturbação na circulação ferroviária em quase todo o país. Apesar da CP ter recorrido a transportes alternativos, foram grandes os transtornos dos utentes. O justo protesto dos trabalhadores resulta, sobretudo, da pretensão da administração e do Governo quanto ao congelamento de salários. Já no dia 19, pelos mesmos motivos e, também, devido à violação dos acordos de empresa, os trabalhadores da Carris e dos TST tinham estado em luta, tendo a greve obtido forte adesão na empresa da Margem Sul do Tejo.



Brigadas de limpeza

A Defensoria do Povo de Buenos Aires acusou o governo da capital argentina de expulsar os sem-abrigo das ruas por meios violentos. Foram apresentadas em CD provas de maus-tratos a pessoas isoladas e da expulsão de 103 famílias de um edifício. Uma chamada Unidade de Controlo do Espaço Público (encarregada também de retirar cartazes considerados ilegais e de atender denúncias) é o instrumento desta repressão. Vários elementos da UCEP são vistos nos CD a pontapear uma mulher grávida e a insultar outros sem-abrigo. A directora de um centro de estudos sociais disse que os elementos da UCEP “saem à noite, sem identificação, não fazem autos e tratam as pessoas como se fossem coisas”.



OSCOT

Um instrumento do terrorismo de Estado e das agressões imperialistas

Carlos Completo

camaravigilancia.jpgOs objectivos do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT) “centram-se na sensibilização do público, relativamente aos temas de Segurança em geral, na formação de futuros especialistas e na formação complementar de especialistas nestas áreas e na realização de relatórios periódicos sobre Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo”.
José Manuel Anes, professor universitário e criminalista, foi recentemente empossado como presidente da Direcção do OSCOT, sucedendo a Jorge Bacelar Gouveia, deputado do PSD e também professor universitário, que há pouco se demitira do cargo. Hoje, são também responsáveis deste Observatório, entre outros, os generais Loureiro dos Santos (presidente da Assembleia Geral), Garcia Leandro (presidente do Conselho Consultivo) e Ângelo Correia (do Conselho Consultivo), este último igualmente presidente da Associação de Empresas de Segurança Privada e ex-ministro da Administração Interna. Ler o resto do artigo »



“Inquéritos” israelitas

Apertado pelas provas de um relatório da ONU sobre crimes de guerra cometidos na Faixa de Gaza, o governo israelita admitiu ter usado fósforo branco contra a população palestiniana. Mas daí não resultam medidas sérias. Com a habitual impunidade, Israel reduziu a questão a “excessos” de dois oficiais, quando se sabe que este e outros procedimentos criminosos foram prática corrente e resultam de orientações dadas ao mais alto nível. Com o habitual cinismo, o governo israelita informou ter aberto 150 inquéritos; desses, só 36 seguiram para investigação criminal; e finalmente apenas um resultou em condenação: um soldado apanhou 7 meses de prisão por roubar cartões de crédito a um palestiniano.



Denúncia

Estoril-Sol despede 130 trabalhadores

stanley-ho-com-mario-assis-ferreira_72dpi.jpgA administração da Estoril-Sol, proprietária do Casino Estoril, anunciou no início do ano o propósito de despedir colectivamente 113 trabalhadores e mais 17 individualmente. As cartas de despedimento começaram a ser distribuídas em 11 de Fevereiro atingindo maioritariamente os trabalhadores do Casino Estoril. A administração alega que a medida deve-se aos efeitos da crise económica no negócio do jogo, sublinhando a diminuição das receitas do grupo verificada nos últimos dois anos. É mais uma empresa a tentar justificar “reestruturação”e despedimentos com a crise do sistema. Mas a realidade vai para além da crise, como testemunham dois trabalhadores que nos fizeram chegar mensagens denunciando o comportamento da administração. Ler o resto do artigo »



PEC – um programa de extorsão capitalista

Pedro Goulart

crash_flecha.jpgNo dia 8 de Março, o governo de José Sócrates apresentou aos partidos parlamentares e aos parceiros sociais o chamado Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), destinado a recolher os apoios dos partidos da direita parlamentar, dos patrões, de Cavaco Silva, da União Europeia, da OCDE, do BCE, do FMI.
Neste PEC, não se vislumbra uma orientação séria de combate ao desemprego nem à degradação das condições de vida da população. Pelo contrário, todo o “estímulo” ao crescimento económico passa pela redução do valor do trabalho; e todo o esforço de diminuição do défice do Estado passa por extorquir mais dinheiro aos assalariados.
Trata-se, pois, como seria de esperar, de um conjunto de medidas que irão penalizar particularmente as classes trabalhadoras, os reformados e os pobres. Para estes sectores, o PEC representa aquilo a que, com mais propriedade, poderíamos chamar um programa de extorsão capitalista. Ler o resto do artigo »



O assassinato de Nuno Rodrigues

Nuno Rodrigues (conhecido por MC Snake) era negro e rapper, tinha 30 anos, morava em Chelas. Foi abatido a tiro pela PSP, na radial de Benfica, após perseguição movida pela polícia e resultante, segundo esta, de ele não ter respeitado uma operação stop. Nuno Rodrigues cantava música do conhecido rapper português Sam the Kid, que não se conforma com a morte do amigo. Como, igualmente, não se podem conformar os seus familiares. Se fosse branco, trajasse “bem” e tivesse um bom carro talvez isso não lhe acontecesse. Como um é polícia e o outro era negro e pobre, é fácil prever o resultado do pleito em tribunal. Ou não fosse a justiça portuguesa uma justiça de classe!



Denúncia

“Os patrões ficam sempre bem”

Trabalhadores da Paralux comentam o fecho da empresa

Depois de termos publicado, em Novembro, uma notícia sobre o fecho da Paralux e da Serlux, duas empresas do sector eléctrico situadas no Cacém, vários comentários de trabalhadores chegaram à nossa redacção. Sete deles foram divulgados no número 20 do MV (edição em papel). Mais reacções nos foram entretanto enviadas; e são essas que agora damos a conhecer. Ler o resto do artigo »



O “terrorismo bom”

Em 19 de Janeiro, um comando terrorista (com 18 membros), ao serviço da Mossad – a polícia secreta de Israel – foi ao Dubai assassinar o líder palestiniano Mahmoud al Mabhouh. Esta incursão do estado terrorista de Israel já tem numerosos precedentes em diversos outros países, geralmente com a cobertura cínica e cúmplice das chamadas democracias ocidentais. Os media israelitas declararam-se felizes com o acto criminoso e os media dos EUA e da União Europeia calaram-se ou, então, não manifestaram as habituais reacções indignadas com as acções armadas de outras proveniências, nomeadamente quando são praticadas por organizações em luta pela libertação dos seus povos.



Fugiu-lhe a boca para a verdade

O secretário de estado da Justiça, dr. João Correia, reconheceu publicamente haver “indícios de contaminação política” no Ministério Público. Embora tenha vindo posteriormente a recuar relativamente a estas declarações, o que é certo é que elas vêm na linha daquilo que Marinho Pinto, bastonário da Ordem dos advogados, pouco antes afirmara: “há sinais evidentes de que o poder judicial está a funcionar segundo uma agenda política”. É pena que sintam isto particularmente quando é a sua gente a atingida. Qualquer cidadão minimamente informado, que não esteja “contaminado” pelos jogos do sistema, que não reverencie esta justiça de classe, há muito que sabe isso.



A cimeira da NATO não é bem vinda

Portugal é membro da NATO por obra do salazarismo. É tempo de mudar

Manuel Raposo

war_72dpi.jpgO site da NATO anunciou em Agosto do ano passado a realização de uma cimeira da organização em Portugal no final de 2010. O facto foi confirmado pelo presidente da República, Cavaco Silva, e a data apontada para Novembro.
Da agenda faz parte a revisão do chamado “conceito estratégico” da Aliança. O propósito é alargar o âmbito de actuação da NATO, quer no plano geográfico quer no que toca aos motivos que podem servir de pretexto para a sua intervenção. Daí, a agenda anunciada da cimeira falar tanto da guerra no Afeganistão, como de ciber-terrorismo, de ameaças ambientais, de pirataria e de segurança energética. Quer isto dizer que tudo pode ser alvo da atenção e intervenção da NATO – isto é, dos EUA e da União Europeia. Ler o resto do artigo »



Morte de 11 pescadores

Só nos primeiros dois meses deste ano já morreram no mar 11 trabalhadores da pesca. Não há memória de Inverno tão trágico nos últimos 20 anos. São as enormes dificuldades económicas que estão a levar à saída dos pescadores para o mar em condições tão perigosas, ao aumento dos naufrágios de pequenas embarcações e à morte dos seus homens. Segundo o presidente da Mútua dos Pescadores: “ Todos precisam de perceber que a vida dos pescadores é dura e difícil, que ganham cada vez menos, que não conseguem fazer face às suas despesas e que não têm outra hipótese senão ir à procura do perigo”. É, no fundo, uma opção entre a fome e o risco de vida, a que esta sociedade os obriga.



Gregos não cedem

“Revoltem-se para que as medidas não sejam aplicadas”, apelam sindicalistas

Pedro Goulart

grecia_web.jpgEm 24 de Fevereiro, muitos milhares de trabalhadores, reformados e estudantes manifestaram-se por toda a Grécia. Milhares de fábricas, empresas diversas, locais de construção, portos, aeroportos, hospitais e escolas encerradas ou trabalhando a conta-gotas. Só em Atenas foram algumas dezenas de milhares os manifestantes. Combatem principalmente as medidas de austeridade que o governo grego, pressionado pela Comissão Europeia, quer impor a quem trabalha em nome do défice e da dívida pública.
Ontem, dia 3 de Março, centenas de sindicalistas invadiram o ministério das Finanças e estenderam na fachada do edifício uma faixa onde diziam: “Revoltem-se para que as medidas não sejam aplicadas!” Ler o resto do artigo »



Protesto no Porto

NATO = TERROR A SÉRIO

Cimeira da NATO vai custar mais de 20 milhões de euros, disse o ministro Luís Amado

PAGAN / MV

paganporto1.jpgNo dia 26 de Fevereiro, por ocasião da abertura oficial do 30.º Fantasporto (Festival de Cinema Fantástico), realizou-se no Porto uma manifestação contra a guerra, promovida pela Plataforma Anti-Guerra, Anti-NATO (PAGAN). Do núcleo do Norte desta Plataforma recebemos um relato da iniciativa dando conta da acção desenvolvida, da indagação feita pela polícia junto dos manifestantes e dos propósitos deste protesto, dirigido contra a realização da cimeira da NATO em Portugal, prevista para o final do ano. Tal como aconteceu com o orçamento do ministério da Defesa, parece que a crise não afecta nada do que diga respeito à NATO: o ministro Luís Amado revelou que a Cimeira vai custar mais de 20 milhões de euros. Ler o resto do artigo »



Função Pública: greve geral a 4 de Março

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado e a FESAP juntaram-se ao protesto da Frente Comum, levando a cabo uma greve geral no dia 4 de Março. Os sindicatos consideram inaceitável a atitude do governo de congelar os salários dos funcionários públicos e de lhes negar o direito à negociação, assim como o ataque às suas pensões. Saliente-se que os trabalhadores da função pública, apesar dos aumentos acima da inflação obtidos em 2009, têm vindo a perder poder de compra no decorrer da última década. Com este congelamento de salários para os funcionários públicos, o governo e os patrões pretendem também apontar um exemplo para os restantes trabalhadores.