Falir está a dar

Domingo, 15 Junho, 2008

A empresa cerâmica Secla, das Caldas da Rainha, vai encerrar no final do mês despedindo 260 trabalhadores. Os patrões declaram sem rebuço que só pagarão metade do que é devido – meio salário por cada ano de serviço. E dão o facto como consumado dispondo-se a não cumprir a lei com o argumento de que a empresa “não tem condições”. A Secla, que pertence aos proprietários da Cerâmica Valadares, tinha três fábricas e empregava mil trabalhadores. Duas foram vendidas à banca por 11 milhões de euros já este ano para, diziam, “evitar a falência”. Os terrenos e edifícios estão implantados numa zona de expansão da cidade, envolvidos por empreendimentos imobiliários. Mais uma falência rendosa.






Deixe o seu Comentário