Estabilizar a instabilidade

Sábado, 31 Maio, 2008

Os jornais anunciam que o desemprego na União Europeia se mantém “estável” nos 6,7%. Em Portugal, verifica-se a taxa de 7,4% pelo terceiro mês consecutivo. E os títulos repetem: “desemprego estável”. Mas qual é a estabilidade da vida de um desempregado? Para quem vive do trabalho, é um cinismo associar a palavra estabilidade à palavra desemprego. Isso é feito para que achemos normal um fenómeno que só é normal (e benéfico) para os detentores e gestores do capital. O desemprego é a chantagem do capital sobre a mão-de-obra.






Deixe o seu Comentário