Brutalidade policial no Grémio Lisbonense

Segunda-feira, 11 Fevereiro, 2008

Uma violenta carga policial, em 8 de Fevereiro, atacou sócios e frequentadores do Grémio Lisbonense. Quatro pessoas foram hospitalizadas e uma foi presa. Pretexto: o despejo do Grémio, para que o senhorio possa levar a cabo um projecto imobiliário, em local muito apetecido pelos especuladores. Nos últimos meses, a defesa das instalações históricas do Grémio (mais de 150 anos) atraiu muitos jovens e personalidades, tornando-o um popular e activo centro cultural. Apesar da resistência, as instalações foram ocupadas pela polícia e estão fechadas. É mais uma associação no centro da cidade vítima da ganância imobiliária. Apenas a luta dos apoiantes do Grémio e da população de Lisboa, sem ilusões em grandes salvadores (Câmara, etc.), pode ainda impedir mais esta perda. (MV / CMA-J)






Deixe o seu Comentário