Só não vê quem não quer

Segunda-feira, 28 Janeiro, 2008

As declarações do bastonário da Ordem dos Advogados geraram polémica e mal-estar entre os partidos do poder. Muitos dos casos de corrupção de altos e médios funcionários do aparelho de Estado e de enriquecimento ilícito, de que falou Marinho Pinto, metem-se pelos olhos dentro, e só não os vê nem os investiga quem não quer ou não pode fazê-lo. Não fora esta justiça uma justiça de classe, bastaria investigar seriamente alguns senhores que se têm passeado entre ministérios, autarquias e conselhos de administração nas últimas décadas, as medidas que adoptaram em beneficio de diversas empresas e sectores económicos, assim como a forma como adquiriram as fortunas de que hoje usufruem.






Deixe o seu Comentário