Morrer a trabalhar

Domingo, 20 Janeiro, 2008

Acidentes de trabalho mataram 160 trabalhadores em 2007, mais 3 que em 2006. Os dados, divulgados pela Autoridade para as Condições de Trabalho, revelam ainda que, por sectores, morreram 81 pessoas na construção civil, 30 na indústria transformadora, 22 no comércio e serviços, 14 na agricultura, 4 nos transportes e armazenagem, 1 na administração pública e 8 em outros sectores. As pequenas empresas (com menos de 9 trabalhadores) somaram 66 mortos e as grandes (com mais de 50 trabalhadores) atingiram 43. Nove dos mortos eram imigrantes (5 brasileiros, 2 angolanos e 2 ucranianos). Pelo menos 80% dos mortos são de sectores operários (mais de 10 vítimas por mês), facto que revela quem é mais penalizado pelas condições de trabalho, inclusive nas grandes empresas (3 a 4 mortos por mês).






Deixe o seu Comentário