Eles estarão com medo de qualquer coisa?

M. Gouveia - Domingo, 23 Dezembro, 2007

gnrtigre.jpgA GNR iniciou uma operação de verificação da documentação dos animais selvagens dos circos e exposições, para os quantificar e verificar se estão legais no país.
Cavaco Silva espera que o Governo utilize o «indiscutível sucesso» da presidência portuguesa da UE como «um tónico para eventuais dificuldades» em 2008.
“Não sou grande fã de referendos. Geralmente nos referendos as pessoas acabam a responder a perguntas que não aquelas que são feitas”, diz António Vitorino.
O ministro da Administração Interna quer reforçar as forças de segurança em 2280 efectivos e vai estudar a proposta para instalar 32 câmaras de alta definição nas ruas da capital que serão controladas pelo Comando Metropolitano da PSP de Lisboa.
A vereadora da C.M.L., Helena Roseta, diz-se preocupada com «a forma como condenam os jovens às periferias».
A integração dos dados dos novos países do Espaço Schengen foi possível graças à empresa portuguesa Critical Software que, a convite do então ministro da Administração Interna, António Costa, adaptou os programas de controlo de cada país ao Sistema de Informação de Schengen (SIS I).

A Polícia alemã alerta para o perigo de um aumento maciço da criminalidade e do terrorismo, após a abolição, a partir de 21 de Dezembro, das fronteiras a leste.

Em Angola recrudesce a violência sobre a população indefesa. Os casos de mortes e ferimentos de cidadãos pela polícia nacional angolana têm-se sucedido nas últimas semanas, tendo já morrido cinco pessoas, entre as quais dois jovens actores que se encontravam a filmar uma cena para um filme amador sobre a delinquência juvenil.

Pela primeira vez, a Armada norte-americana vai enviar, ainda em Dezembro, cães terapeutas para o Iraque, que darão o seu afecto aos soldados no campo de batalha e os ajudarão a superar o «stress» e os traumas.

O ministro da defesa japonês declarou que vai estudar como é que as Forças de Autodefesa do país podem reagir caso apareçam discos voadores.






Deixe o seu Comentário