Nem a morte escapa

Quarta-feira, 28 Novembro, 2007

O primeiro canal funerário do mundo, a estrear em 2008 na televisão alemã, emitirá obituários e homenagens dos familiares aos falecidos, por uma quantia que pode ir até aos dois mil euros. O seu criador justifica a iniciativa pela necessidade de “as televisões diversificarem os produtos” e lembra que o mercado funerário “está por explorar”.
Também “para combater o monopólio da necrologia nos jornais”, o canal português Porto Canal já lançou uma rubrica com anúncios de óbitos e mensagens aos falecidos.






Deixe o seu Comentário