EUA: a tortura de Manning

Quinta-feira, 24 Março, 2011

O soldado Bradley Manning, de 23 anos, está detido desde Julho de 2010 na base militar de Quântico, por suspeita de ter fornecido ao WikiLeaks um vídeo militar que mostra um ataque contra homens desarmados no Iraque, documentos das guerras do Iraque e do Afeganistão e mais de 250 mil telegramas do Departamento de Estado. Tem sido mantido em isolamento, privado de sono, de exercício e de leituras. Por vezes, obrigado a manter-se de pé e nu perante guardas e agentes, com o objectivo de o humilhar. Em mais uma evidente violação dos direitos humanos. Acusado de “colaborar com o inimigo”, corre o risco de ser condenado a prisão perpétua. Solidariedade com Bradley Manning!






Deixe o seu Comentário