“Viva Palestina”

Para Gaza, com amor

Rita Moura - Quarta-feira, 11 Fevereiro, 2009

london_gaza_map.jpgUm mês depois do genocídio em Gaza, o trio terrorista – Livni (que levou a cabo o último massacre), Netanyahu (que a criticou por ter terminado o ataque cedo demais), e Lieberman (que pretende negar cidadania aos israelitas árabes) – ganhou as eleições em Israel. Os cidadãos israelitas, na sua maioria, mostraram mais uma vez que são pela guerra em vez da paz, pela morte em vez da vida.

Um mês depois do genocídio em Gaza, milhares de pessoas no resto do mundo mantêm-se em solidariedade com a Palestina. No dia de São Valentim, um enorme comboio, composto por mais de 100 veículos, incluindo 12 ambulâncias, um barco, um carro de bombeiros e camionetas com medicamentos, roupas, comida, brinquedos e dinheiro, parte para Gaza.

Vai percorrer mais de 8 000 quilómetros a partir de Londres, pelo Canal da Mancha até Calais, por França e Espanha, atravessando o estreito de Gibraltar até Marrocos. Daí, o comboio “Viva Palestina” segue para a Argélia, Tunísia, Líbia e Egipto, até passar a fronteira para Gaza.

A resposta a esta petição de ajuda foi tremenda. A organização diz já não necessitar de mais medicamentos ou roupa. Mas a recolha de dinheiro continua em curso e quem quiser acompanhar a viagem pode ir ao sítio: http://www.vivapalestina.org/home.htm.
Boa viagem!






Deixe o seu Comentário