Energia positiva

Quarta-feira, 4 Junho, 2008

Até agora, as televisões referiam os aumentos dos combustíveis com lacónicos dados sobre os respectivos valores e uma ou outra reportagem de utentes resignados, ou de raianos a encher o depósito em Espanha. Com a greve dos armadores e pescadores e os milhares de apelos na Internet para o boicote às gasolineiras, começaram a falar do que interessa: a estrutura do preço, os ganhos astronómicos da Galp, da BP e da Repsol, a subida do imposto. Mas falam discretamente, pela voz dos comentadores serviçais do costume. Pudera! Para as privadas, clientes destes mandam. E para a RTP, o governo é patrão.






Deixe o seu Comentário