O país está no bom caminho

Quarta-feira, 21 Maio, 2008

Esta a ideia expressa por um Sócrates cheio de bazófia, depois de saber que o desemprego descera umas décimas no primeiro trimestre de 2008, em relação ao ano anterior. Talvez tentando disfarçar a diminuição (de 2,2 para 1,5%) do crescimento económico, que o seu governo acabara de reconhecer. O que Sócrates não disse foi que grande parte dessa descida de desemprego se deveu ao aumento do trabalho precário, o que prenuncia mais desemprego. Também não disse que, entre 2005 e 2007, o número de desempregados a receber subsídios de desemprego, segundo o INE, passou de 72 para 56% do total dos desempregados. Particularmente afectados pela falta dos subsídios estão as pessoas com menos de 30 anos e os desempregados com mais de 45 anos.






Deixe o seu Comentário