Mudar de Vida em Setúbal

Territórios e ferramentas de luta

Cristina Meneses - Quarta-feira, 12 Março, 2008

mvsetubal_72dpi.JPGA sala da Cooperativa Prima Folia foi perfeita para acolher a sessão de apresentação e debate do jornal que aconteceu no dia 6 de Março. Se mais sala houvesse mais ficariam sem falar porque o tempo corre depressa quando a conversa interessa. O debate centrou-se na importância de traçar a linha que separa os campos sociais, porque as classes existem. «Mudar de Vida» posiciona-se como uma ferramenta ao serviço de uma classe que claramente não é proprietária dos meios de produção e que importa conhecer nos dias de hoje. Sem cair no chavão, está tudo em discussão: operários, intelectuais, intermitentes e precários, sindicatos, ferramentas de luta; uma convicção – para a massa proletária do século XXI a História não chegou ao fim. Ainda não existem forças objectivas para congregar as massas em frentes de luta organizadas tal como não existem condições subjectivas para construir um partido de classe dos trabalhadores.




Deixe o seu Comentário