Sentenças plenárias

Sexta-feira, 29 Fevereiro, 2008

João Serpa, solidário com os seus camaradas de trabalho da empresa Pereira da Costa, com os salários em atraso, foi o primeiro sindicalista, desde 1974, condenado a prisão – 75 dias, remíveis a multa – por manifestação ilegal. A imprensa divulgou a sentença. Das televisões nada se sabe, nem dos seus comentadores encartados. Sabe-se apenas que ninguém referiu os nomes de quem compunha o douto tribunal: procuradores e juízes. Quem foram? Ter-se-á tratado de um Tribunal Plenário? (JR)






Deixe o seu Comentário