Marcelo abre caminho

Quarta-feira, 27 Fevereiro, 2019

Os pareceres da Procuradoria Geral da República e do Supremo Tribunal Administrativo a favor da requisição civil dos enfermeiros, decidida pelo Governo, deu pretexto ao presidente da República para lançar um aviso aos trabalhadores, especialmente da função pública, sobre as greves. Disse ele que, de futuro, os sindicatos terão de ter uma “preocupação acrescida” quando decidirem fazer greve, brandindo a arma da requisição civil. De facto, os pareceres da PGR e do STA, não tendo analisado os fundamentos da requisição (se houve ou não cumprimento dos serviços mínimos pelos grevistas) deram ao Governo uma espécie de carta branca, que Marcelo pelos vistos quer transformar em regra. Com o ar de paladino da “estabilidade política” e do “bem geral”, o PR aproveitou uma vez mais para tirar dividendos da situação, favorecendo as vozes patronais e da direita que de há muito querem limitar a lei da greve.






Deixe o seu Comentário