Fiães

Trabalhadores reclamam direitos frente à casa do patrão

A empresa foi encerrada em Junho sem pagar indemnizações

MV / Terras da Feira - Terça-feira, 18 Dezembro, 2007

fiaes_72dpi.jpgSegundo noticia o jornal Terras da Feira, na edição de dia 17, os trabalhadores da corticeira “Moisés Alves de Sousa & Filhos”, de Fiães, concentraram-se na sexta-feira, dia 14, em frente da casa do patrão reclamando o pagamento de indemnizações pelo encerramento da empresa. A corticeira foi fechada em Junho sem que a situação dos trabalhadores ficasse resolvida, apesar das promessas do patrão de que tenciona pagar as indemnizações.

Precisamente porque nada disto foi cumprido, já lá vão seis meses, os trabalhadores tomaram a decisão de fazer a concentração, empunhando cartazes onde se podia ler “De promessas está o mundo cheio” ou “Que Natal vamos ter nós?”. O patrão não se dispôs a receber os trabalhadores, mas entretanto foi dizendo que declarara a empresa insolvente e que aguarda a nomeação de um administrador de falência.

Ainda de acordo com o jornal Terras da Feira, o Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte afirmou-se disponível para apoiar os trabalhadores na reclamação sobre os seus direitos.

(Foto Terras da Feira)






Deixe o seu Comentário