Africom

Terça-feira, 11 Dezembro, 2007

Mais um dado para se avaliar a corrida à África desencadeada pelas potências imperialistas. Uma semana antes da cimeira de Lisboa, o comandante da Africom, uma espécie de Nato para a África organizada pelos EUA, foi recebido em Luanda pelo presidente angolano José Eduardo dos Santos. A pretexto da “estabilidade e segurança” da África, os norte-americanos instalaram já este dispositivo militar em Angola, no Gabão e em S. Tomé. Não só Angola e S. Tomé, como a Nigéria e boa parte do golfo da Guiné possuem consideráveis reservas de petróleo que abastecem os EUA.






Deixe o seu Comentário