Democracia suíça

Sábado, 8 Dezembro, 2007

Uma parada militar em Lugano (Suíça) foi perturbada, há duas semanas, pelo grupo Exército de Palhaços que assim exprimia o seu antimilitarismo e o descontentamento pela série de exibições bélicas que vieram perturbar a vida da população. Quando se infiltraram no desfile da tropa, os palhaços vestidos de militares provocaram tanto riso na população como fúria nas forças repressivas. Onze deles foram presos. Também não escaparam os habitantes, incluindo velhos e crianças, que se manifestaram em frente da esquadra a favor dos “palhaços de guerra”: a polícia carregou sobre eles com matracas e gases urticantes, prendendo 5 e ferindo 10. Isto no preciso momento em que as Forças Armadas celebravam a sua eficiência como esteio da democracia suíça.






Deixe o seu Comentário