Tolerância a mais

Quinta-feira, 17 Março, 2016

O senhor Ulrich do BPI tem um estofo especial. Quando a austeridade estava no auge e se dizia que o povo já não a aguentava mais, tratou de dar um incentivo a Passos Coelho com o célebre “Ai aguenta, aguenta!”. Agora, em aparente contradição, exclama que “Existe uma tolerância excessiva da sociedade portuguesa em relação ao problema do desemprego”. Na verdade, uma ideia não contradiz a outra: é precisamente a excessiva tolerância do povo que tem permitido ao capital português impor medidas ditas de austeridade e despedir a belprazer sem ter de se confrontar, até à data, com uma séria reacção de quem trabalha.






Deixe o seu Comentário