Médicos aderem à greve do dia 30

Quinta-feira, 15 Novembro, 2007

O Sindicato Independente dos Médicos fez um pré-aviso de greve para 30 de Novembro, juntando-se à paralização geral da Função Pública já anunciada. «Os médicos têm tido uma enorme paciência e educação com este governo, mas a paciência esgota-se e o mau trato, a falta de urbanidade do ministro da Saúde empurraram-nos para esta greve», explicou à TSF o líder do SIM, Carlos Arroz. A paralisação deverá abranger todos os serviços de administração central, regional e local, todos os serviços do sector empresarial público e todos os médicos, qualquer que seja a sua carreira, categoria, função ou vínculo jurídico.






Deixe o seu Comentário