Mota Soares, o santarrão

Segunda-feira, 18 Novembro, 2013

O beato fingido que faz de Ministro do Emprego e da Solidariedade tem vindo a proclamar alto e bom som, a propósito do OE 2014, que o actual governo vai aumentar as pensões mínimas anteriormente congeladas pelo governo de Sócrates. O que não diz é que tal aumento, para pensões inferiores a 200 euros, se traduz num valor inferior a 3 euros! Agora, e em resposta ao relatório da OIT, onde se analisa o impacto da crise económica global no mercado de trabalho em Portugal e se defende a actualização do salário mínimo nacional (SMN), de modo a evitar o agravamento  das desigualdades salariais e de rendimento, Mota Soares afirma que, apesar do governo desejar fazê-lo, tal “só poderá acontecer quando acabar o Programa de Assistência a Portugal”. Pois o “Memorando de Entendimento, assinado com o anterior Governo [as culpas são sempre do governo de Sócrates!] não permite o aumento do salário mínimo sem antes essa matéria ser discutida com a troika”. Que cara de pau!






Deixe o seu Comentário