Trabalhadores dos Seguros em luta

Pedro Goulart - Quinta-feira, 15 Novembro, 2007

Numa concentração realizada em 30 de Outubro junto à sede do Grupo Caixa Seguros, no largo do Calhariz, em Lisboa, mais de 100 trabalhadores protestaram contra a tentativa de lhes retirarem direitos consagrados no seu seguro de saúde e dos seus familiares. Na altura, foi apresentada uma moção subscrita por 825 trabalhadores do grupo.
O GCS é hoje composto pela Império-Bonança, pela Fidelidade-Mundial, pela Via Directa, pela Cares, pela EPS e pela Multicare.
Tal como aconteceu com os salários, em que foram impostos congelamentos a quem provinha de seguradoras com melhores complementos remuneratórios, também agora o GCS pretende nivelar os seguros por baixo, pondo mesmo em causa o seguro vitalício, até aqui garantido a todos.
Num sector com fracas tradições de luta, é positiva esta manifestação de protesto. Mas é indispensável ir mais além na mobilização e organização dos trabalhadores para fazer face aos ataques do patronato.






Deixe o seu Comentário