Católicos em queda

Quarta-feira, 9 Maio, 2012

Um estudo da Universidade Católica diz que menos de 80% de portugueses se declaram católicos, abaixo dos 86% de há 12 anos atrás. Cresceram os adeptos de outras crenças e cresceram também os crentes sem religião e os não crentes (14,2%), com destaque para os ateus. É sempre de saudar o advento da Razão, mas torna-se óbvio que o estudo não é inocente. A igreja católica tem todo o interesse em mostrar a sua hegemonia no ramo como argumento para justificar os privilégios de que goza junto do poder político. Sinal disso é o facto de o estudo insistir em que quase 50% dos portugueses (5 milhões!) vão à missa com regularidade, número que contraria todos os dados empíricos.






Um Comentário a “Católicos em queda”

  1. heitor da silva disse:

    O que está aqui em causa é a descarada mentira da igreja pretendendo fazer crer que os seus aderentes são da ordem dos 80% da população.
    Isso da maioria relativa é o de menos. O importante é vermos a protecção que é dada com o dinheiro de todos os contribuintes pelo estado que se pretende laico – à igreja romana, em prejuízo de todas as outras….com base nessa pretensa hegemonia. Até quando andam tantos desgraçados a trabalhar mal pagos para alimentar essa “gente” que nem a sua própria doutrina respeita pois é sabido que nos seus mandamentos está escrito preto no branco, “Ganharás o teu pão com o suor do teu rosto”, mas o que se vê é eles locupletarem-se com o produto do suor alheio para se alimentarem; E não apenas de pão..Ora isto nada tem de espírito cristão… Muito me satisfaria ver essa e outras igrejas independentes e autónomas graças à contribuição do elevado número de fiéis que dizem ter, deixando assim de viver da exploração de cidadãos sem religião que por isso não têm responsabilidade alguma de alimentar mandriões. Que deixem a César o que é de César – como seja escolas e outras instituições de carácter social, cuidem do que ao céu respeita. Deixando-nos em Paz…

Deixe o seu Comentário