600 mil em lista de espera

Sexta-feira, 2 Novembro, 2007

Segundo um inquérito da Inspecção-Geral de Saúde, de 2006, só à espera da primeira consulta estavam 382 mil doentes. Se a estes adicionarmos os 220 mil à espera de cirurgias chega-se a um total de mais de 600 mil doentes em listas de espera. Mas isto parece não preocupar muito o governo de Sócrates que, para 2008, mantém um orçamento para a Saúde com crescimento inferior ao valor da inflação. Os privados (seguros, hospitais, médicos) agradecem – e os doentes sofrem.






Deixe o seu Comentário