A escola

Segunda-feira, 29 Outubro, 2007

Ao evocar os resultados dos “programas de influência” dos Estados Unidos num acto oficial em 25 de Outubro, Karen Hughes, subsecretária de Estado para a Diplomacia Pública e os Assuntos Públicos declarou: “Mais de 130 participantes [nos nossos programas desde 1945] vieram a tornar-se líderes dos seus países, incluindo o actual primeiro-ministro da Grã-Bretanha, o presidente da França e o presidente da Turquia”.
A biografia de Brown é conhecida, mas é a primeira vez que um governante estadunidense reconhece que Sarkozy e Gül foram formados pelo Departamento de Estado [Ministério dos Negócios Estrangeiros dos EUA], algo que os interessados sempre tentaram esconder. (VoltaireNet)






Deixe o seu Comentário