“Erro” nuclear

Quarta-feira, 24 Outubro, 2007

A Força Aérea dos EUA destituiu vários oficiais de comando depois de um bombardeiro B-52 ter, por engano, voado através dos Estados Unidos com 6 mísseis de cruzeiro armados de ogivas nucleares montados nas asas. Três coronéis e mais 66 militares foram castigados após o incidente ocorrido na base aérea Minot, Dakota do Norte, em 29 de Agosto. Os responsáveis falam de “lacunas procedimentais”. A tripulação do avião não sabia que levava ogivas nucleares activas a bordo.






Deixe o seu Comentário