Cesare Battisti em greve de fome

Domingo, 15 Novembro, 2009

Preso há mais de dois anos no Brasil e tendo obtido refúgio político neste país há cerca de um ano, Cesare Battisti iniciou uma greve de fome contra a sua eventual extradição para Itália. Em carta a Lula da Silva, Battisti coloca a sua vida nas mãos do presidente brasileiro. A extradição está dependente da decisão do conservadorismo empedernido do Supremo Tribunal Federal brasileiro que, assim, poderá entregar este preso político nas mãos do fascistóide Berlusconi. Além do mais, tal entrega representaria um recuo no campo dos direitos humanos, desrespeitando o direito ao refúgio e ao asilo político. Solidariedade com a luta de Cesare Battisti!






Um Comentário a “Cesare Battisti em greve de fome”

  1. Hamilton Coimbra disse:

    Com efeito! Esse assassino pensou nos “direitos humanos” das suas vítimas quando as liquidou?? Nós já temos criminosos demais, aqui, neste país, para abrigar mais um pulha das hostes esquerdista. Despachem de imediato esse meliante e mais algum comuna que queira acompanhá-lo.

Deixe o seu Comentário