Brasil

Estudantes da Universidade Federal da Bahia ocupam a reitoria

Mais de uma dezena de reitorias em todo o país ocupadas em 2007

Daniel Caribé (Baía, Brasil) - Quinta-feira, 18 Outubro, 2007

reitoria.jpgNo passado fim-de-semana (13-14 de Outubro), a ocupação da Reitoria na Universidade Federal da Bahia, realizada por estudantes, completou 15 dias. No início, uma fuga de gás, numa das residências universitárias, levou um grupo de estudantes a mobilizar-se e a exigir do reitor as providências necessárias para resolver tal questão. Afinal, com a fuga de gás, corria-se risco de vida e a alimentação dos residentes teve que ser cortada.
Mas uma carta assinada pela reitoria, como mais uma promessa, não fez os estudantes voltarem para o arremedo de casa que os aguardava. Outros documentos já haviam sidos assinados por este mesmo reitor, e por outros e outros. Apesar das promessas, os estudantes continuaram a viver em residências cada vez mais precarizadas, superlotadas, sem restaurante universitário, sem transporte entre os centros universitários.
Assim como noutras ocupações de reitorias pelas universidades do país, que já somam mais de uma dezena no ano de 2007, as necessidades imediatas dos estudantes mais carentes levaram todos a uma reflexão. Da assistência estudantil, os debates pautaram também o fim do novo projecto de reforma universitária, o REUNI, que na prática se iguala ao “Protocolo de Bolonha” já implementado e combatido na Europa. Outros estudantes aderiram à causa. A reitoria ganhou vida. E é desta forma que os estudantes reaprendem a fazer as suas próprias lutas.






Deixe o seu Comentário