Mais salários em atraso

Quinta-feira, 16 Julho, 2009

Nos primeiros seis meses de 2009, os inspectores da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) detectaram, em cerca de 11 mil empresas inspeccionadas, quase sete milhões de euros de salários em atraso. Isto representa um aumento de 40% em relação a igual período do ano anterior. Por causa e a pretexto da crise (que é apenas para alguns), agrava-se a praga dos salários em atraso, infelizmente já bem conhecida pelos trabalhadores portugueses.






Um Comentário a “Mais salários em atraso”

  1. Movimento de Acção Libertária disse:

    A questão é saber quantos mais casos idênticos não existirão em outras tantas 11.000 empresas que ainda não foram inspeccionadas. Julgamos que a situação é ainda muito mais preocupante.

    Solidariedade!

    M.A.L.

Deixe o seu Comentário