Leoni corta nos salários

Quinta-feira, 26 Março, 2009

A fábrica Leoni, de Viana do Castelo, produtora de componentes para automóveis e pertença do grupo alemão Leoni, cortou nos salários dos trabalhadores, em resultado de dois dias de paragem imposta pela própria administração no mês de Fevereiro. A empresa vai continuar a aplicar o lay-off, parando todas as sextas-feiras até finais de Julho. E o salário, que já não é alto, vai continuar a ressentir-se destas paragens. Mais uma empresa a justificar as paragens com a crise internacional e as quebras nas vendas. E é mais uma empresa a fazer chantagem e infundir medo entre os trabalhadores.






Deixe o seu Comentário