Onda de ataques nazis na Rússia

João Bernardo - Quinta-feira, 6 Setembro, 2007

Na madrugada de 21 de Julho, cabeças-rapadas nazis atacaram violentamente o acampamento anti-nuclear anarquista de protesto em Angarsk, na Sibéria, assassinando um jovem eco-libertário.
Dias antes, os libertários tiveram alguma informação preliminar sobre um possível ataque planeado pelos nazis. Assim, três pessoas vigiavam o acampamento. Contudo, nazis encapuzados em maior número, numa proporção de 3 para 1, atacaram covardemente as pessoas que dormiam nas barracas com barras de ferro, facas e pistolas de ar.
Algumas pessoas ficaram com braços quebrados, fracturas nos pés e outros ferimentos. Pelo menos dois ativistas ficaram seriamente feridos. Um deles, com traumatismo crâniano, morreu mais tarde no hospital. Todas as barracas do acampamento foram incendiadas, e alguns pertences dos activistas foram roubados.
Nos últimos tempos uma onda de ataques violentos nazis vêm ocorrendo em todo território russo, contra anarquistas, anti-autoritarios, ecologistas e homossexuais.






Deixe o seu Comentário