Contra a brutalidade policial

Concentração de protesto no Casal da Boba, sábado 17, 16 horas

Plataforma Gueto / MV - Quinta-feira, 15 Janeiro, 2009

kuku.jpgNove dias passados sobre o assassinato de Edson Sanches (Kuku), o jovem de 14 anos da Amadora morto por um polícia, gerou-se um movimento de solidariedade em torno da família, nomeadamente através da venda de CD’s, T-Shirts e donativos que têm ajudado a suportar despesas. Mas além de solidariedade, afirma a Plataforma Gueto – que tem insistido na denúncia – “é preciso exigir justiça, lutar por ela”, no sentido de “não deixar que esta execução caia no esquecimento” como sucedeu em casos anteriores (Angoi, Tony, PTB, Tete, Corvo, etc.).

Em Portugal, acusa ainda a Plataforma, “a justiça é cada vez mais um privilégio dos ricos” sublinhando que “para os pobres – negros, ciganos, brancos – as autoridades reservam execuções sumárias feitas nas ruas, nas viaturas e esquadras de policia”.

O caso agora ocorrido na Amadora, afirma o mesmo texto, “está a acontecer por todo o lado”. E daí a interrogação: “Qual será o próximo bairro? O meu? O teu? Quem será o próximo? Eu? Tu?”

Em protesto contra o assassinato está a ser convocada para dia 17 de Janeiro, sábado, às 16 horas, uma concentração em frente à 60.ª Esquadra, na rua 17 de Setembro no Casal da Boba.

A Plataforma pede a todas as pessoas solidárias para que se juntem a esta jornada “de uma luta que é de tod@s e que esteve calada muito tempo”. E apela: “Vem protestar contra a brutalidade policial. Contra a violência do Estado. Vem exigir justiça. Sem justiça não haverá paz”.






2 Comentários a “Contra a brutalidade policial”

  1. wilson disse:

    vida é foda nha mano…
    seja undi bu sta…
    djobi pa nós ki nós ainda nu ca eskeceu e ainda nu ca eskeci cuze kes fazeu e kes rapa kes MATA…”FOI UM CRIME ORGANIZADO”…NHOS DESCANSA EM PAZ…undia nu ta odja Rasta Baby…

  2. Toze disse:

    Tenham vergonha…. andava cheio d ouro…. era do trabalho q ele tinha… á noite….

    foste tarde

Deixe o seu Comentário