Mais um jovem morto pela polícia

Domingo, 11 Janeiro, 2009

Após perseguição a um carro furtado, mais um jovem negro e pobre foi abatido pela polícia, no bairro da Quinta Laje, em 4 de Janeiro. Com apenas 14 anos, Kuku foi morto com um tiro na cabeça e, mais uma vez, a justificação da polícia foi a “legítima defesa” de um dos agentes (que disparou à cabeça, repita-se). Com a costumada cobertura da comunicação social e a conhecida complacência dos tribunais face à violência policial, é de prever mais uma absolvição ou uma pena meramente simbólica, ou até que o caso morra com o “inquérito em curso”. Por isso, importa denunciar tais situações, como fez a Plataforma Gueto num comunicado divulgado pela Internet em que contraria a versão da polícia.






Deixe o seu Comentário