Uma ajuda aos saltimbancos

Sexta-feira, 28 Novembro, 2008

O ministro do Trabalho desmentiu o presidente da Segurança Social sobre o destino de 300 milhões de euros da Segurança Social depositados no falido BPN. José Gaspar, do IGFSS, afirmou que, no Verão, o governo levantou aquela quantia, de um total de 500 milhões, quando já sabia da situação crítica do banco. Mas Vieira da Silva garantiu não ter havido levantamento, apenas um “movimento de tesouraria”. Tesouraria ou não, o certo é que o governo tinha 500 milhões num banco especializado em trafulhices; e que ainda lá terão ficado 200 milhões. Isto, mais os mil milhões aplicados para salvar o BPN é para já a “nossa” contribuição, decidida pelo governo, para ajudar a trupe de Oliveira e Costa.






Deixe o seu Comentário