Duplo emprego e duplo emprego

Sexta-feira, 15 Agosto, 2008

Segundo dados agora divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o número de trabalhadores que em Portugal desempenham uma segunda actividade atingiu 342 mil no segundo trimestre de 2008, o valor mais alto dos últimos 10 anos. Estas centenas de milhares de trabalhadores vêem-se obrigados a ter uma segunda actividade para poderem sobreviver, atendendo aos miseráveis salários que recebem. Será que este número do INE também inclui as poucas centenas de administradores de empresas públicas e privadas, que, do lado oposto da escala social, ocupam múltiplos cargos com enormes ordenados e, ao fim de alguns anos, se retiram com reformas milionárias?






Deixe o seu Comentário